Minha história em meus cabides.

Uma história contada no guarda-roupas. Com jalecos. Jalecos brancos ou já não tão brancos assim. Me formei médico em 2006 e ingressei na Residência de Cirurgia Geral da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Dois anos após grandes aprendizados, fui para uma segunda Residência médica: o INCA - Instituto Nacional do Câncer. Naquela ocasião ainda não se chamava Jose de Alencar. Lá encontrei MUITO trabalho, muito aprendizado, mas sem dúvida td foi muito GRATIFICANTE. Fazer as cirurgias mais complexas e por vezes mutilantes, nos pacientes mais fragilizados. Duro, muito duro, mas engrandecedor. Te ensina a valorizar a vida em sua plenitude. Lá um professor me disse: “um medico tem q se apoiar em 3 pilares”. A assistência, o ensino e a pesquisa”. Se você sabe fazer, então faça! Ajude a quem precisa. Mas por outro lado, não adianta só fazer, tem que propagar seu conhecimento. A vida é finita e o conhecimento perdura. E por fim, tem que ampliar nosso conhecimento! Iluminar o horizonte. Médico é cientista e a pesquisa é parte fundamental dessas obrigações. Sábio mestre. Segui em frente, fiz meu mestrado e hj sou professor da UNIRIO e da UNIG, médico da UERJ e um eterno pesquisador junto aos alunos e residentes. O conhecimento não tem fim e não paramos de aprender nunca. Fica a dica. Minha história em cabides.  


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square