Quiz: Câncer de Mama.

Dúvidas sobre Câncer de Mama? Papai me ensinou que a única coisa que devemos matar nessa vida são as dúvidas. Portanto vamos esclarecer as questões mais perguntadas em meu consultório: 1. Porque comigo? Qual a causa do câncer de mama? Como todo câncer não conseguimos explicar com exatidão sua origem. Sabemos que existe um fator genético (alguma mutação genética do DNA) que leva a uma multiplicação descontrolada das células da mama, gerando assim um tumor. Um segundo fator, tem relação com os hábitos de vida. Alguns hábitos e características individuais favorecem o aparecimento do câncer. Estes são chamados “fatores de risco”. 2. Quais são os principais “fatores de risco” pro câncer de mama? Resposta: Etilismo, tabagismo, obesidade, maior exposição ao estrogênio (menstruar cedo, menopausa tardia, uso de anabolizantes à base de estrogênio, não ter tido filhos ou amamentado, terapia de reposição hormonal pós-menopausa) , idade avançada (acima dos 50 anos), história familiar ou pessoal de Câncer de mama (quem tem um familiar com câncer de mama tem risco aumentado / quem já teve um câncer de mama pode vir a ter outro), já ter realizado radioterapia no tórax, fatores genéticos como a mutação dos genes BRCA1 ou BRCA2 (como a caso da atriz Angelina Jolie) e a presença de lesões pré-malignas na mama. 3. Próteses de silicone aumentam o risco do câncer de mama? Resposta: NÃO. Não existe um estudo que indique este aumento de risco. Obviamente que é fundamental que o implante seja colocado por um cirurgião plástico habilitado e experiente! Mas é importante lembrar que sempre antes de colocar a prótese mamária, as mamas devem ser examinadas e estudadas por exames de imagem (ultrassonografia, mamografia ou ressonância, dependendo do caso) e, se encontrado alguma alteração, um especialista (cirurgião oncológico ou mastologista) deve ser consultado. Saúde em primeiro lugar! Mas sou a favor da beleza e das próteses mamárias qd bem indicadas. 4. Existe Câncer de mama em homem? Sim. Mas são raros e costumam ter um prognóstico pior, pois costumam ser diagnosticado em fases mais tardias. 5. Cancer de mama tem cura? Claro que sim! Venha ao consultorio e verá diversas mulheres em acompanhamento há anos e sem sinais de doença em atividade. Mas para tal é fundamental que o diagnóstico seja feito bem no inicio da doença. Tumores mais avançados, que já se espalharam para outros órgãos ou para os linfonodos axilares (gânglios linfáticos ou íngua axilar) irão receber um tratamento multimodal mais agressivo e infelizmente com piores resultados e pior prognóstico. Mas mesmo assim, por vezes a cura pode ser alcançada. Mas o caminho será mais longo, árduo e incerto nestes casos. O Importante e necessário é que o acompanhamento seja realizado por uma equipe multidisciplinar qualificada. O Câncer da mama talvez seja o tumor que mais exija expertise, disponibilidade e dedicação da equipe. O cirurgião é figura primordial no tratamento, uma vez que a cura passa pela cirurgia. Mas o oncologista, radioterapeuta, fisioterapeuta, psicólogo e tantos outros tem a mesma importância. O câncer de mama é uma doença que mutila o corpo, a alma e a autoestima da mulher. A equipe tem q estar sensível à isto. O aspecto emocional não pode ser secundário ou deixado de lado no trato diário com esses pacientes. 6. Doutor, eu devo fazer autoexame da mama? Sim, eu recomendo. Recomendo pois não há mal, risco e nem custo algum em palpar a própria mama. Todavia é fundamental deixar claro e explícito q só o autoexame não basta. É fundamental fazer os exames de imagem para o rastreio do câncer de mama: mamografia (às vezes ultrassonografia e ressonância mamária). Mas o tema é controverso e vou explicar porque. Quem apoia, como eu, argumenta que o autoexame trás a tona a discussão e preocupação pessoal com o câncer de mama e gera uma relação de autoconhecimento. Não há custos ou danos. Quem critica, argumenta que o câncer de mama deve ser diagnosticado em fase precoce. Fase na qual o nódulo ainda não é palpável. Nem pelo médico e muito menos pela paciente sem experiência. O autoexame pode dar uma falsa impressão de que esta td bem, enquanto de fato ele só diagnostica tumores grandes e já palpáveis. Temos q admitir que faz algum sentido. Em suma, com ou sem autoexame, a mamografia tem que ser feita periodicamente!!! Esta é a regra!!!! 7. Câncer de mama causa dor? Na enorme maioria das vezes não, o que o torna um tumor silencioso q dificulta o diagnóstico. 8. A quimioterapia faz cair o cabelo?Infelizmente sim. A grande maioria das paciente perderá os pelos. Existem técnicas como resfriamento capilar q tentam reduzir essa perda, mas todas ainda muito ineficientes. Encare a doença. Compre uma bela peruca, faça um turbante bem colorido ou deixe ao natural. Mas tenha a certeza que o cabelo nascerá novamente e vc será uma mulher mais forte e evoluída espiritualmente. 9. Como é a cirurgia pro cancer de mama Veremos no post de amanhã...


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square