Continuação.

Dúvidas sobre Câncer de Mama? As questões mais perguntadas em meu consultório, continuação: 9. Como é a cirurgia pro cancer de mama? A retirada da mama toda é chamada de mastectomia. A retirada de um segmento da mama recebe o nome de segmentectomia mamária. Quando a mama é retirada junto com a pele (incluindo o mamilo) e com os linfonodos (ganglios linfáticos axilares) recebe o nome de Mastectomia radical. A pele da mama pode ser poupada em alguns casos para facilitar à reconstrução da mama. Incluindo o mamilo em casos especiais. Os linfonodo da mama nem sempre precisam ser removidos. Hoje existe a pesquisa do linfonodo sentinela que serve para triar quem vai ou não ter os gânglios linfáticos da axila removidos. Explicaremos a frente em outro post (esta técnica é muito utilizado nos melanomas também). É o tamanho do tumor, o tamanho da mama, distância do tumor do mamilo, status da axila (com ou sem linfonodos comprometidos por câncer) e agressividade do tumor que vão determinar qual o tipo de cirurgia a ser realizada. Opções - Mastectomia radical sem reconstrução imediata (reconstrução tardia) - Mastectomia radical com reconstrução imediata - Mastectomia sem esvaziamento axilar - Segmentectomia com esvaziamento ou sem esvaziamento. O importante é sempre tentar preservar a mama, mas sem perder os princípios oncológicos. Todo o tumor deve ser removido. Primeiro a saúde e depois o melhor resultado estético possível. Não entraremos em detalhes mas hoje em dia cada vez mais temos sido mais conservadores e preservando mais as mamas. A radio e quimioterapia pré-operatória tem ajudado muito nessa estratégia. 10. O que é mastectomia profilática? Aquela da Angelina Jolie... Hj não utilizamos mais este nome. Chamamos de mastectomia redutora de riscos. Pois ela não é 100% eficaz, porque não retiramos 100% do tecido mamário. O mamilo por exemplo é preservado nesta cirurgia. Mas sem dúvida o risco de cancer é baixíssimo! Mulheres com alto risco de desenvolver câncer de mama devem considerar esta opção. Entendam alto risco como: mutação genética comprovada (BRCA 1 ou 2), historia familiar importante de câncer de mama (parentes de primeiro grau diagnosticados com câncer de mama antes dos 50 anos)  11. Os cistos da mama podem virar câncer ? Não. Os cistos simples de parede fina são muito comuns e não podem virar câncer. Relaxe! Os cistos complexos, que tem espessamento da cápsula ou um componente sólido merecem investigação adicional. 12. Fibroadenoma pode virar câncer ? Não. Simples assim. Se tiver certeza q é um fibroadenoma relaxe! Por vezes temos dúvidas se uma lesão é ou não um fibroadenoma. Neste caso a ressecção do nódulo ou uma biopsia pode ser necessária.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square